quinta-feira, 24 de setembro de 2015

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Braga Barroca

"Braga Barroca" recua aos 
século XVI e XVII de 23 a 27 de setembro

A "Braga Barroca" vai fazer a cidade recuar aos séculos XVI e XVII com bailes, concertos, teatro, saraus e visitas encenadas ao património citadino daquela que foi batizada a "Cidade do Barroco", de 23 a 27 de setembro.

Na edição de 2015, a segunda, a cidade vai receber a corte de D. João V, reviver sermões do Padre António Vieira, ouvir Vivaldi e recriar a "entrada triunfal" do arcebispo José De Bragança, no século XVII, além de mais de 30 propostas de animação cultural.
"Depois de uma primeira edição com passos tímidos, damos agora um passo mais sustentado, com incremento da programação, com evidência do património monumental da cidade que remonta à época barroca, no sentido de tornar a "Braga Barroca" num evento diferenciador para a região e para o país", explicou hoje a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Braga, Lídia Dias, na apresentação do evento.
Organizado, entre outras entidades, em "parceria" pelos pelouros da Cultura e do Património, o "Braga Barroca" quer, segundo apontou o vereador do Património, "levar a sentir o Barroco como festa".
Segundo Miguel Bandeira, "Braga é inequivocamente uma cidade do barroco" pelo que "faz todo sentido" evocar a época que, "juntamente com a Braga Romana, constitui o coração da cidade".
Assim, de 23 a 27 de setembro, a cidade vai "mergulhar na história e descobrir uma Braga que enche de orgulho a cidade".
A destacar, a performance do ator António Durães, dia 23 na Igreja de S. Paulo, que, juntamente com a soprano Ana Vieira Leite, dará voz ao "Sermão do Bom Ladrão", do Padre António Vieira, dia 23.
No dia 24, na Igreja da Misericórdia, José Manuel Tedim, a sinfoneta de Braga e Gian Paolo Peloso vão fazer uma viagem "Estações de Vivaldi" numa sessão de História Local, "Barroco Local, Barroco Global".
A corte de D. João V regressa a Braga numa recriação, dia 25, do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian, que remonta a 1741, aquando da vinda daquele monarca e da rainha de Esapanha à cidade a convite do arcebispo José de Bragança.
O dia 26 será marcado pela estreia do concerto barroco pelo Coro da Casa da Música, sob a direção do Maestro Paul Hiller, na Sé.
A "Braga Barroca" é uma organização conjunta da autarquia, do Museu dos Biscaínhos, do Conselho Cultural da Universidade do Minho, do Cabido da Sé de Braga, da Nova Comédia bracarense, da Santa Casa da Misericórdia de Braga e dos Seminários de S. Pedro e S. Paulo.
Lusa

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Feira do Emprego

A Junta de S. Victor está a preparar a realização
de uma feira do emprego, a realizar-se nos 
dias 2 e 3 de outubro, no Retail Center em Braga 


Concurso de Ilustração “Do Bira ao Samba”

A Associação Comercial de Braga e o Bomboémia – Grupo de Percussão da Universidade do Minho lançam o Concurso de Ilustração “Do Bira ao Samba”, com o objetivo de valorizar e promover, através da ilustração de cadeiras,  as culturas e tradições portuguesas e brasileiras, bem como a sua ligação histórica à música, dança, teatro e artes plásticas. 
A ideia surge no âmbito do Festival “Do Bira ao Samba”,  um festival de artes performativas organizado pelos Bomboémia, e que congregará durante os dias 2 e 3 de Outubro, as culturas e tradições, portuguesas e brasileiras, por intermédio da música, da dança, do teatro e das artes plásticas. O primeiro dia será dedicado à arte e tradições típicas de Portugal, em especial do Minho, e o segundo dia terá um foco na cultura brasileira havendo ainda durante este dia um momento de fusão de culturas em jeito de Carnaval Fora de Época.
As inscrições decorrem até 11 de setembro. Mais informações em www.acbraga.pt